sábado, 30 de julho de 2022

CONQUISTA PODE VOAR MAIS ALTO


 por José Maria Caires - 

Conquista Pode Voar Mais Alto


Um ano antes de falecer, em 1915,  o condeubense Coronel Napoleão Ferraz  de Araújo, já reivindicava a construção da Barragem do Rio Pardo. Outras lideranças, em sequência, continuaram cobrando a construção. 

Um dos exemplos mais contundentes foi o de Edvaldo Flores, que quando prefeito de Conquista, na década de 1950, e depois  como deputado federal, por vários mandatos, continuou nessa batalha. 

Em 1958, o engenheiro José Pedral Sampaio, na época candidato a prefeito de Vitória da Conquista, apresentou no seu programa de governo  a proposta de construção da barragem do Rio Pardo.

Passado um século do surgimento da ideia de construção da barragem, foi realizado um estudo que comprovou a sua viabilidade. Na ocasião, o prefeito Guilherme Menezes conseguiu  firmar um convênio com o Governo Federal para a elaboração do projeto executivo.

Parte do projeto, inclusive, a do licenciamento ambiental, foi concluída na gestão do ex-prefeito Herzem Gusmão, que também era um entusiasta da realização dessa obra fundamental para o progresso do nosso município. 

A atual prefeita, Sheila Lemos, também  coloca como prioridade na sua lista de  obras estruturantes, a construção da barragem do Rio Pardo.

O certo é que, de quatro em quatro anos, os postulantes aos cargos eletivos em Vitória da Conquista, cientes de que  este é um grande anseio da sociedade, trazem sempre nos seus discursos a promessa da construção da barragem do Rio Pardo, na esperança de conquistar mais votos.

Cabe a nós cidadãos, portanto, aproveitar essa boa vontade de ocasião, para pressionar os agentes públicos em relação a solução desse assunto. 

Um grupo formado por empresários, entidades e lideranças da cidade, propõe que o projeto seja reavaliado, revisado e reestudado, pois da forma que está posto se tornou inviável técnica e economicamente.

Para se ter uma ideia, as barragens que abastecem Vitoria da Conquista e região; AGUA FRIA I e AGUA FRIA II; acumulam juntas 6.000.000 de metros cúbicos, ao passo que, a do RIO PARDO sozinha, se construída, armazenará 430.000.000 de metros cúbicos, o equivalente a 70 vezes os volumes das barragens de  Água Fria I e II juntas.

Nosso objetivo é que os candidatos ao Governo do Estado da Bahia incluam nos seus respectivos planos de governo, a construção da barragem do Rio Pardo e que, quem for eleito, transforme em realidade esse sonho de 110 anos.

segunda-feira, 25 de julho de 2022

POR UMA UNIVERSIDADE FEDERAL INDEPENDENTE

 


José Maria Caires 

*Por José Maria Caires


É preciso considerar o Instituto Multidisciplinar em Saúde (IMS) – Campus Anísio Teixeira, em Vitória da Conquista, ainda que dependente da Universidade Federal da Bahia, uma organização que sempre teve e continua tendo potencial para ter vida própria e conquistar sua independência da UFBA de Salvador para a nossa gestão.


Não demorou muito para que a sociedade percebesse e buscasse formas de conquistar a sua emancipação. Eu acompanho e vejo que nossos representantes políticos se movimentaram nessa direção, foram desenvolvidas ações concretas na gestão do então diretor DOUTOR ORLANDO CAIRES,

que chegamos por alguns momentos vislumbrar o desmembramento, mas de repente veio a desilusão.


É claro que a burocracia em um processo como esse é natural, mas tínhamos todos os recursos ao nosso favor, a reitoria da Universidade Federal da Bahia e deputados e prefeitos alinhados para o mesmo objetivo. O que faltou foi força para superar.


Em outras situações, como em Pernambuco, por exemplo, o então ministro Mendonça Filho, se inspirou no nosso modelo de desmembramento e criou em Garanhuns, a Universidade do Agreste Pernambucano, porém, não precisamos ir muito longe, aqui mesmo na Bahia foram criadas:


Em Barreiras – Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB);


Em Cruz das Almas – Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB);


Em Teixeira de Freitas – Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB);


Em Senhor do Bonfim – Universidade Federal do Vale do São Francisco (UINVASF);


Quais as vantagens do desmembramento do Instituto Multidisciplinar de Saúde de Vitória da Conquista e da sua emancipação da UFBA?


Autonomia administrativa, criação de novos campus em Brumado, Jequié, Guanambi dentre outros Municípios, como exemplo da importância citarei a UFRB sediada em Cruz das Almas que criou os campis em Feira de Santana, Amargosa, Cachoeira, Santo Amaro e Santo Antônio de Jesus.

O mais importante de todos serão as pesquisas, a criação de novos cursos, oportunizando as vocações regional e dando condicoes aos jovens, sobretudo os de famílias que não podem pagar as faculdades particulares.


O SUDOESTE PODE VOAR MAIS ALTO.


* José Maria Caires é empresário, filantropo e político


Fonte: https://blogdoredacao.com.br


domingo, 24 de julho de 2022

FILHA DA MÃE


   

A COMÉDIA FILHA DA MÃE COM APRESENTAÇÃO ÚNICA EM SALVADOR



FILHA DA MÃE é o nome do show de humor misturado com podcast que Rada Rezedá e Tábita Rezedá apresentam em 13 de agosto, sábado, às 16:30h, no Bar e Restaurante Quintal da Mangueira, localizado no Imbuí, em Salvador.

Filha da Mãe conta, com muito humor, as histórias reais e engraçadas de mãe e filha, vividas por Rada e Tábita.  Ao mesmo tempo é um show de humor e podcast ao vivo, com a participação do público e de uma convidada especial que vai ser entrevistada sobre o ser mãe e ainda vai cantar para o público! Olha que maravilha!

“É um projeto antigo fazer esse show de humor contando as nossas histórias. Fui convencida disso por amigos próximos que souberam das estratégias que utilizei para driblar os problemas da adolescência de Tábita. Um dia, por exemplo, me transformei em Emo... Foi muito engraçado” declara Rada.

Tábita Rezedá (filha de Rada) faz a sua primeira apresentação em público, nunca antes tinha trabalhado como atriz nesse formato, sempre optou por trabalhar em cinema e por trás das câmeras, como produtora e figurinista. Já sua mãe, Rada, esteve em cena várias vezes, inclusive com um monólogo, Séquiço Frágil, que ficou em cartaz por dois anos consecutivos.

Filha da Mãe chega inovando, misturando podcast, show de humor e música, com participação de uma cantora bem conhecida do público baiano.


O quê: FILHA DA MÃE, Show de Humor e Podcast Ao Vivo.

Quem: Rada Rezedá e Tábita Rezedá.

Quando: 13/08, sábado, às 16h30min.

Onde: Bar e Restaurante Quintal da Mangueira, Imbuí, Salvador.

Como: O evento, que possui 1 h e 15min de duração, terá uma artista, convidada especial para falar da relação mãe e filha.


Fonte: Rada Comunicativa